Avançar para o conteúdo

Antiguidade

Ruben, vive no Terreiro do Passo, auto-intitula-se o mais antigo sem abrigo da zona, rosto enrugado, barba amarelada e olhar de quem vive há muito neste mundo.

Vivia nas arcadas, mas teve de “mudar-se” na altura das obras da mesma, agora vive “lá em cima” como refere.

Vai buscar comida e roupas ao campo das flores.

Entre sussurros uns vão dizendo que o Ruben é rico, tem uma herdade em Portimão e que o irmão quer partilhar, quer que ele saia das ruas, quer que receba a sua parte.

Depois, diz quem lida com sem abrigos diariamente, “não podemos acreditar em tudo o que eles nos contam”.

Sem se saber a verdade, pouco importa, Ruben é o sem abrigo mais antigo do Terreiro do Passo.

0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este posto.

Partilhar este artigo