Avançar para o conteúdo

No parque

Ao vê-la a brincar no parque o coração inundava-se de amor, por aquele ser tão pequeno, o sorriso avassalador.

Eram só as duas, a pequena Rita era o seu mundo, vestido rosa, lacinhos no cabelo loiro, saltava feliz a brincar com as outras crianças.

Ela não sabia, nem iria saber que o pai nunca a desejou, que partiu antes dela nascer, que as abandonou.

Era mãe e pai e estava a fazer muito bem o seu papel, tinha uma criança feliz, sentiu um imenso orgulho.

Rita como que se adivinhasse, chegou a correr e abraçou a mãe, e sussurrou – Gosto tanto de ti mamã.

0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este posto.

Partilhar este artigo