Avançar para o conteúdo

Virtualidades

 

Hoje ao ler o texto da Chic’Ana lembrei das amizades que fiz neste mundo virtual.

Algumas tornaram-se pessoais, e são para a vida.

Apesar de já ter tido alguns dissabores, compensou largamente as amizades, e alguns conhecidos também.

Actualmente as redes sociais, blogues, chats e afins têm uma enorme importância na nossa vida.

Tal como na vida vamos seleccionando quem temos mais empatia, o passo seguinte por norma é passar ao real quando a proximidade nos permite, no meu caso somos todas da mesma cidade, Lisboa, acabou por facilitar os encontros.

Passado anos, todos os dias falamos, programamos fins de semanas, jantares, caminhadas, o que nos lembrarmos para estarmos juntas.

Entramos na vida umas das outras, vivemos as mesmas alegrias, tristezas, somos a força da que precisar.

Somos amigas, e isto diz tudo.

As amizades virtuais existem sim, muitas vezes tornam-se reais, como no meu caso, mas conheço algumas que nunca passaram do virtual, por questão de distância, e têm imenso valor.

Todos precisamos de alguém, muitas vezes esse alguém está ali, tão fácil como isso.

Se nos faz bem, seja virtual ou real, não interessa, é usufruir.

 Muito obrigada Ana, por lembrares de mim na tua homenagem, gostei muito.

0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este posto.

Partilhar este artigo