Avançar para o conteúdo

Presente

Olhava para a árvore de Natal, para os muitos presentes expostos, a fartura era evidente.

Mas nos rostos só via a alegria viciada, nada era puro ou genuíno, não existia o importante.

O amor, a felicidade de estarem juntos, não cabe debaixo de uma árvore, é imenso, não existe presente que substitua.

0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este posto.

Partilhar este artigo