Avançar para o conteúdo

O impossível

Olhava-se ao espelho e via um breve reflexo da pessoa que foi.

O tempo foi severo, as marcas de uma vida de sacrifícios estavam todos lá.

Não se reconhecia, a menina com sorriso fácil, olhar doce perdeu-se algures, entre trabalho, filhos e vida de dificuldades.

Queria voltar atrás, viver de novo, uma outra vida.

Numa vida sem sonhos, atreveu-se a querer o impossível.

 

0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este posto.

Partilhar este artigo